google-site-verification: google229f114e74a2ee01.html

 

Translate this Page

Rating: 3.8/5 (7697 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...




A INVEJA DOENTIA
A INVEJA DOENTIA

Podemos comparar a inveja doentia a uma espécie de “celulite emocional e espiritual” em razão da energia negativa que se forma no cerne espiritual do invejoso. A inveja doentia controla e rege atos, situações e pode arruinar vidas inteiras.

O que há de mais trágico na inveja doentia é que esta representa o final prematuro de muitas vidas. Os invejosos doentios morrem na verdade ao dedicarem as suas vidas e as suas energias na expectativa e no desejo mórbido que o “outro” não seja bem sucedido. Nesses casos a própria vida não é capaz de propiciar tanto prazer e satisfação quanto o fracasso do “outro”.

O invejoso doentio está diante de seu próprio cadáver, pois não é capaz de sentir por si só. Não passa de uma alma penada, um vampiro espiritual que se alimenta não da vitalidade própria mas da vitalidade alheia.

A melhor forma de se lidar com um invejoso doentio é o desprezo, ignorar as suas investidas maldosas, pois muitas vezes o invejoso doentio provoca, desafia, calunia, apenas para ser notado, buscando uma projeção maior do que a pessoa invejada por ele. Nada do que você diga vai anular esse sentimento, ao contrário, só vai estimular e lhe dar o prazer de ter sido percebido por você, além da ilusão de ter atingido a você de alguma forma.

Mas o seu silêncio, o seu desprezo, lhe causará uma revolta ainda maior e ele terminará ao final como o escorpião que ao se ver preso em um círculo de fogo crava o ferrão na própria cabeça e morre vitimado por seu próprio veneno.

topo