google-site-verification: google229f114e74a2ee01.html

 

Translate this Page
  • Currently 4.66/5

Rating: 4.7/5 (12651 votos)




ONLINE
4





Partilhe esta Página




O EXEMPLO DO RIO
O EXEMPLO DO RIO

O rio corre inicialmente de forma solitária. Apenas segue o seu caminho, adaptando-se ao terreno. Caminha rápido nas cachoeiras e lento nas baixadas. Mas sempre segue o seu caminho, sabendo que o seu caminho é sempre para a frente e o seu destino é chegar ao mar. Em dado momento se une a outros rios que têm o mesmo objetivo e juntos caminham até o final.

Satã nos ensina em sua sabedoria infinita: “Os rios sempre chegam ao mar. Cada um do seu modo, no seu tempo, mas sempre chegam.”

O exemplo do rio deve ser aplicado em nossas vidas. Devemos ter um objetivo e da mesma forma que um rio caminharmos até ele, sem medo das cachoeiras e sem estagnar nos remansos. Em dado momento devemos contornar os obstáculos e em outros simplesmente passarmos por cima deles.

Observem que a natureza em si não tem pressa. Faz tudo a seu tempo. A fruta amadurecida a força perde o sabor, a lagarta libertada do casulo antes da hora perde a vida.

topo