google-site-verification: google229f114e74a2ee01.html

 

Translate this Page

Rating: 3.9/5 (9086 votos)




ONLINE
7





Partilhe este Site...




DESTRUIR PARA CONSTRUIR
DESTRUIR PARA CONSTRUIR

Tenho falado muitas vezes sobre a necessidade de mudarmos para que as coisas mudem em nossas vidas e vou tentar explicar um pouco mais sobre a necessidade e a importância desse processo interno.
O antigo ditado popular “não se faz omelete sem quebrar os ovos” representa exatamente uma lei do Universo: é preciso destruir para construir.
Pense na reconstrução de uma casa. A preparação é um ato de destruição, mesmo porque é mais fácil derrubar uma casa antiga para construir uma nova do que ficar remendando ou fazendo adaptações.
Pense agora nas ondas do mar. Cada onda é construída a partir da destruição da onda anterior que volta e se quebra ao integrar-se com a nova onda.
Finalmente, pense em um trapezista de circo. Ele precisa soltar o trapézio e se lançar no espaço para pegar o outro.
Mas é preciso o entendimento que, nesse processo, destruir não significa simplesmente acabar com tudo. Não se destrói uma casa antiga para construir uma nova sem o devido projeto de sua construção. O trapezista larga o trapézio porque sabe que o outro está vindo em sua direção e sabe também que se não largar o primeiro não pegará o segundo.
Destruir, então, é se libertar do ontem, viver o hoje e planejar o amanhã. Se libertar de tudo o que lhe prende e lhe impede de progredir, inclusive as suas crenças e valores pessoais.
E, como sempre digo, a escolha é sempre sua. Pense no mar e reflita: você prefere surfar nas ondas ou ficar se debatendo na arrebentação até se afogar?

topo